COMO ESCOLHER A PRIMEIRA MOTO

617.755 visualizações13 de ago. de 2019

escolha da moto o primeiro entre da lista deve ser que tipo de moto eu vou comprar pode ser scooter motoneta utilitária creio ou custam cada uma delas tem características bem específicas se comportam de maneira diferente na pilotagem e servem se encaixam melhor para um determinado o perfil de compradores tipo de uso não é só uma escolha por gosto estético e olá esse vídeo nós vamos mostrar uma moto de cada estilo mas só para ilustrar só para ficar mais fácil você entender cada uma das coisas que a gente tá falando existem várias opções de cada um desses estilos no mercado você pode escolher a marca que você prefere o modelo que você prefere não significa que a gente está recomendando o dizendo que uma marca o modelo seja melhor que o outro tá vamos começar então por scooter e motoneta são bem parecidas né as duas peças carenagem na frente mas na verdade elas são completamente referentes a [Aplausos] e esse 5 tipos de moto que a gente vai mostrar aqui de baixa cilindrada de preço mais acessível para quem está começando no mundo da moto o scooter com certeza é um mais fácil de operar não tem dúvida nenhuma você não precisa trocar machucando automático então não tem que acionar embreagem com a mão nem trocar de marcha com o pé outra facilidade os dois freios nas mãos dianteiro e traseiro como na bicicleta se fosse uma moto você teria que coordenação da mão freio dianteiro e do pé acionando o freio traseiro já fica bem mais fácil também né outros pontos positivos scooter você tem porta-objetos na frente e geralmente um pouco menor chama até de porta-luvas você consegue colocar um celular um baixo do banco o espaço grande dá para um capacete quando você estaciona coloca o capacete e se você quiser levar compras mochila capa de chuva ajuda bastante no dia a dia na cidade tem a carenagem o neném da mão na roda com essa plataforma você vai se proteger melhor do vento na água da chuva chegar mais limpo não vai sujar estragar o seu sapato sujar as calças você também não vai estragar o calçado porque não tem pedal de câmbio para falar com a parte de cima esse espaço livre aqui embaixo ele só é possível porque nos cutter o motor em vez de ficar com centro ele fica atrás acoplado a roda traseira e também não tem frango aqui nessa parte de cima porque eu tenho que fica aqui por baixo então você pilota em outra posição que é com as pernas juntas aqui na frente a gente chama de posição sentada e não montado como na moto em que as pernas ficam separadas não e os pontos negativos do scooter principalmente dois o primeiro capacidade do tanque de combustível é bem menor em alguns modelos chega a ser só de quatro litros alguns modelos é uma minoria e o tanque instalado aqui na plataforma que deixa a plataforma um pouco mais gordinha e aí vem no segundo ponto outro ponto negativo do scooter é que ele não se dá muito bem com vias esburacadas com piso irregular justamente porque a plataforma deixa ele mais baixo então fica muito mais fácil ralar combater a parte de baixo do scooter em geral a média dos escuteiros tem uma roda menor a dianteira tem modelos que tem rodas até de 10 polegadas quando a média aí de uma moto comum é de 17 então essa diferença é muito grande quando você passa no arroz muro a cada ou entra com a frente no buraco os escuteiros mais baratos mais simples no mercado tem rodas aí em geral de 10 a 14 polegadas parece pouco mas faz muita diferença podem tem ondas de até 16 já nem perto do que é uma moto mas esses escuta geralmente são os modelos mais caros então scooter sofre nos é mas sofre também tem lá em cima pouco mais essa posição sentada em que você não tem uma pedaleira em que seu pé e com a perna vão apoiados te deixa um pouco mais desconfortável quando a roda traseira passa no buraco no mundo lá são maior porque e uma moto as pernas ajudam a absorver um pouco esse impacto e ele não chega diretamente aqui nas suas costas não escuta a perna vai um pouquinho aqui o pé vai mais para frente você acaba apoiando completamente no banco então qualquer impacto aqui nessa parte de trás da roda vai ver diretamente para você bom para quem então é indicado o scooter faz trajetos curtos urbanos e preferencialmente trajetos um pouco mais conhecidos tem muitas surpresas no 15 o escuta também é legal é uma boa solução para quem tem pouco espaço para estacionar ele é bem cor o pacto e não quer ficar carregando o capacete quando desce da moto eu quero uma ajudinha aí na volta para casa vai fazer uma paradinha fazer uma compra tem um lugar para guardar embaixo do banco a motoneta é um meio termo entre um scooter e a moto convencional você já tem o motor aqui na parte central as pernas vão separadas você vai montado e não sentado apoiadas nas pedaleiras isso ajuda muitas pessoas que não se acostumam muito com aquela posição vem escutei algumas pessoas não gostam muito de ficar com aquele espaço livre entre as pernas sem abraçar a moto é uma alternativa ainda assim você continua tendo algumas conveniências no escuta na maioria dos modelos não são todos você tem também a carenagem na frente e aqueles o porta-objeto embaixo do banco o câmbio não é automático mas é um câmbio mais fácil de operado até uma moto convencional que você não precisa acionar a embreagem é um campo do que você é só engata as marchas sempre para baixo com o pé ou na moto mas nada para acionar aqui com a mão e o frio passa a ser acionado com uma moto convencional continua o dianteiro assinado pela nova alavanca mas o traseiro passa a ser acionado pelo pé a motoneta tem uma estrutura jamais robusta não tem disputa a roda aro 17 praticamente a roda de uma moto já o que ajuda bastante num país como o nosso que tem no time de um atualidade em geral né na maioria das cidades e para quem é indicada a motoneta indicação josé bem parecida com as escutas mas para quem circula por tragé e com asfalto ruim é se sentir um pouco mais seguro no buraco com uma roda maior em geral as motonetas podem custar menos existem algumas opções que custam bem menos do que muitos pensam a bom dia moto chamada new utilitária ela tem esse nome porque uma moto única e versátil ela sabe como ele transportes mas também é muito usada como uma ferramenta de trabalho é uma moto mais comum no brasil que mais se vê nas ruas e também a gente pode comparar com a motoneta é uma moto uma estrutura já um pouquinho mais robusto tem mais alta utilitário é uma moto mais polivalente alcança uma velocidade maior tem uma autonomia também bem mais extensa o tanque tem mais do que o dobro da capacidade de uma motoneta um scooter em comparação com a motoneta com a moto mais alta mais afastada no chão o banco em média uns 4cm mais elevado as suspensões tem um curso maior para trabalhar e absorver os impactos do piso irregular e as rodas são um pouquinho maiores de 18 polegadas se por um lado tem mais conforto nos buracos por outro tem que lidar e já um pouquinho mais trabalhoso a embreagem precisa se acionada e a primeira marcha engatada para baixo passou pelo neutro o restante das marchas engatadas para cima não tem carenagem na parte frontal aquela proteção para pernas para pé e não tem um espaço embaixo do banco utilitário indicada para quem precisa de uma moto que sirva para situações de uso diferentes locomoção em distâncias maiores trabalhar com a moto transportar volumes trechos curtos de estrada em condições diferentes de asfalto nem sempre muito previsíveis e [Música] e a cultura de baixa cilindrada tem uma estrutura muito parecida com a construção da moto utilitária mas com um estilo visual indo mais para o clássico americano em alguns modelos não são todos você pode ter também esse ângulo de direção um pouquinho mais aberto como você encontra nas motos função de altas cilindradas e diferença entre os aros de roda e geralmente ea dianteira maior nesse caso aqui é igual à da moto utilitária e a traseira costuma ser um pouquinho menor nesse caso um aro 15 com pneu um pouquinho mais alto a grande diferença é a posição de pilotagem mais relaxada o banco é mais baixo então fica mais fácil de alcançar os pés no chão as pedaleiras são posicionados um pouco para frente então as pernas ficam menos flexionadas no joelho ficar menos dobrado é mais confortável para passar mais tempo em cima oi e o guidão é elevado mais alto isso faz com que a gente precisa inclinar menos o tronco para frente também o outro fator de conforto para quem tá pilotando a moto então a custam de baixa cilindrada indicada para quem procura uma moto com estilo diferente diferente daquela moto convencional da utilitária para se diferenciar um pouco e prefere uma posição de pilotagem mais sentada – montada isso também tem uma consequência a gente precisa falar da mesma maneira como a gente falou sobre escuta você está menos apoiado nos pés nas pedaleiras você não tem tanto o amortecimento das pernas você tá direto ali com as suas costas em cima do assento e os impactos que vem da honda traseira não ser transferidos com muito mais intensidade para suas costas diretamente e bom dia treino o quinto tipo de moto que a gente vai abordar hoje é a moto feita para qualquer caminho pode ser esburacado pode ser de terra pode ser a galo ela passa por cima com muito mais facilidade porque a roda dianteira é maior pode ser dia dezenove até 21 polegadas e os cursos de suspensão também muito mais generosos para absorver os impactos isso significa que uma moto mais alta nesse caso aqui o banco tá 4cm mais alto do que a moto utilitária que a gente acabou de mostrar então o acesso dos pés ao chão é um pouquinho dificultado para quem tem uma estatura mais baixa atriz não é uma moto só para caminhos radicais tudo isso é um grande benefício para conforto uso diário não uso urbano para você ter uma locomoção muito menos desgastante não quis o ruim que a gente tem nesse país nas maletas nas lombadas costela de vaca o marcos mesmo eu costumo dizer que esse sim é o tipo de moto que tem a cara do brasil e a moto que eu deveria ser a mais vendida porque tem mais adaptação às condições que a gente vive aqui nesse país que é um peso que na média é realmente mal conservado seja de asfalto seja numa estradinha de terra agora existem fatores limitantes simples número de vendas esse tipo de moto a estatura é o primeiro deles não é para todo mundo e o preço é um pouquinho maior do que a manta utilitária e e aí e aí e se você tava variando a compra da primeira moto talvez acabei decidindo por comprar um usada por um preço um pouquinho menor e tem algumas dicas de compra que podem te ajudar bastante a fazer um negócio melhor e mais seguro primeiro procuro uma moto com manual do proprietário e os carimbos das revisões feitas em concessionária é melhor comprovação de histórico de manutenção de todos os serviços foram feitos e usando peças de boa qualidade o estado do óleo do motor também algum aplicativo solte a vareta veja se o nível não está abaixo do mínimo a cor do óleo escura o turva ea viscosidade e rala quanto mais claro e translúcido estiver o óleo melhor quando for verificar os pneus procure o desgaste principalmente na parte central da banda que é consumida mais rápido por causa do contato com as faltas nos trajetos da moto em linha reta e se a moto estiver perto dos 20.000 km atenção ao estado da transmissão final folga da corrente a altura dos dentes da coroa e do pinhão o escuta é pergunte ao dono se a correia de borracha já foi substituída escuta ele não usa corrente de metal e não precisa de lubrificação periódica o que é uma tranquilidade mas a correia é mais cara para ser trocada e se você não tiver certeza do histórico de manutenção da moto troque o óleo e o filtro por precaução é um custo baixo mas a durabilidade no seu motor depende diretamente do óleo em boas condições oferecimento mobil super moto move você

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments