Os lagos Wilderness ficam a leste da cidade de George, perto do sul do litoral do Cabo. Na realidade, são lagunas rasas – ou lagos de estuário. Eles se formaram pelo assoreamento de um estuário por sedimentos depositados por um rio ou pela areia carregada pelo vento. Os lagos ficam paralelos à costa e ocupam uma área com l,6 km de largura e 10 km de comprimento.

O rio Touw formou as lacunas do lado oeste. Atualmente, esses lagos estão separados do mar por dunas que se fixaram graças às plantas que sobre elas se desenvolveram. Quando os rios enchem, contudo, rompem a barreira de areia e alcançam o mar. Por pouco tempo, tanto o rio quanto o lago sofrem o efeito das marés e são invadidos pela água do mar na maré alta. Isso permite que os peixes que habitam os lagos desovem.

Apenas um lago, o Groenvlei, é totalmente isolado pela areia trazida pelo vento, sem que nenhum rio deságue nele e sem saída para o mar. As lendas locais dizem que os lagos são habitados por sereias; pinturas rupestres próximas, feitas pelo povo San, mostram uma mulher com uma cauda de peixe. A despeito de quem ocupe os lagos, eles são um ambiente pantanoso único, agora integrado ao Parque Nacional Wilderness.

Litoral de Tsitsikamma

Ao longo da costa sul da África do Sul, entre a baía Plettenberg e a baía Oyster, fica o rochoso litoral de Tsitsikamma, onde o mar encontra uma planície de escarpas suaves, criando penhascos com 200m de altura. A planície, que se estende até a base da serra de Tsitsikamma, provavelmente teve origem na ação das ondas, antes que o terreno seco se elevasse e o mar descesse ao nível atual. Hoje em dia, as rochas do litoral, em alguns lugares, ficam até 30m sob as ondas.

 A ação das águas, tanto a do mar quanto a dos rios, criou uma paisagem espetacular. Ao pé dos paredões as ondas recriaram a orla, formando uma plataforma. Ao mesmo tempo, barrancos íngremes, escavados pelo fluir suave de rios como o Storms, o Blaukraanz e o Groote, cortam a praia.

O mar invadiu o estuário de alguns rios; outros, com tudo, como o estuário do rio Groote, foram bloqueados pela areia, criando pequenas lagunas e estreitas faixas de areia. Nos pontos onde grandes pedaços de rocha despencaram dos penhascos, pequenas ilhas se formaram. Próximo ao estuário do rio Storms fica a Schietklip, uma rocha que provoca enormes ondas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *