Vale da Solidão, com paisagens espetaculares e reflexões fascinantes

Um dos aspectos mais incomuns do vale da Solidão é que só se pode chegar a ele passando pelo alto de uma montanha. Situado na cordilheira de Sneeuberg, que praticamente cerca a cidade de Graaff-Reinet, na província sul-africana do Cabo Oriental, o vale foi formado pela erosão da rocha sedimentar há milhões de anos.

Mais do que um lugar “sólido”, o vale oferece paisagens espetaculares e induz a reflexões fascinantes a respeito do processo geológico a partir do qual foi criado.

Como resultado da erosão, a paisagem consiste em abismos profundos e conjuntos de paredões de dolerito, uma rocha dura, que se ergueram depois que a rocha macia ao redor se esfarelou e foi levada pelas águas. Mas nem todo o dolerito permanece tão firme. Isso fica claro pela profusão de seixos espalhados no fundo do vale.

Para o visitante, a atração mais impressionante da região são os surpreendentes pilares de rocha que se erguem a 120m de altura. Talvez “Torres de Silêncio” fosse um nome mais adequado à área. Para além dos pilares fica o vale Camdeboo (que na língua do povo Khoi significa “depressão verdejante”), com a paisagem estéril do semideserto de Karoo se perdendo no horizonte.

Baviaanskloof

É estranho encontrar regiões selvagens e isoladas tão próximas a centros urbanos populosos. Baviaanskloof – o vale dos Babuínos – é um desses lugares. Seu limite oriental fica apenas 100km a oeste da cidade de Port Elizabeth. O vale é ignorado pela maioria das pessoas que passam pela rodovia que leva à Cidade do Cabo.

O Baviaanskloof se estende por mais de 100 km, de leste a oeste, entre duas cadeias de montanhas com picos que alcançam 1.700m, no extremo leste do cinturão de montanhas de Cape Fold.

Uma vegetação totalmente coberta por plantas gigantes da espécie Clachastis ken- tuckea e por estranhas cicadáceas, que parecem samambaias cheias de espinhos.

Essa área abriga vários animais, entre eles leopardos, zebras-das-montanhas, linces, cudos e elandes (tipos de antílopes). As várias grutas de arenito da região guardam ainda diversas pinturas rupestres. Ainda hoje é possível se deparar com uma gruta isolada e nela encontrar vestígios de instrumentos de caça do povo San.