ldosos podem receber 11 mil por ano – mesmo sem ter contribuído – advogado mostra como

Várias situações do cotidiano nos induz a contratar um advogado. Esse é o profissional indicado para nos representar judicialmente.

Especialistas recomendam que a pessoa que deseja contratar um advogado procure por aquele que é especialista no assunto que deseja do auxílio desse profissional. Ou seja, se o assunto está relacionado a crimes, o indicado é procurar um advogado criminalista, mas se o assunto envolve direitos no trabalho, recomenda-se optar por um advogado trabalhista.

Essa indicação se deve pela experiência que o profissional adquire ao longo da carreira, fato que o torna apto para defender uma pessoa em juízo.

O advogado trabalhista, por sua vez, é indicado para dar apoio em situações em que a pessoa sente que seus direitos trabalhistas estão em jogo.

Você sabe o que fazer antes de contratar um advogado trabalhista? Trazemos aqui as principais dúvidas acerca do trabalho desse profissional. Confira!

1.    O que faz um advogado trabalhista?

O advogado trabalhista é responsável por atuar em defesa dos direitos do trabalhador. Ele possui os conhecimentos específicos e necessários para auxiliar o trabalhador em uma causa judicial.

É importante ressaltar que você deve buscar informações sobre o advogado que deseja contratar. Pesquise sobre o escritório desse profissional e se ele possui autorização para exercer a função.

2.    Qual é o prazo para realizar uma reclamação sobre verbas?

Saber quanto tempo você possui para reclamar uma verba é muito importante. Em geral o tempo determinado por lei é de até dois anos a partir do encerramento do contrato com a empresa.

Outro ponto importante é que as verbas reclamadas só podem ser dos últimos cinco anos em que o trabalhador prestou serviço à empresa. Além disso, o trabalhador tem direito a receber as verbas dos últimos quatro anos de trabalho prestado.

3.    Quais são as provas que posso apresentar?

As provas são as armas que você tem para se defender. Elas são quem definem o rumo do caso, pois são responsáveis por convencer o juiz sobre a veracidade dos fatos que está apresentado a seu favor.  Por isso é importante sempre guardar:

·         Extratos bancários;

·         Documentos;

·         Cópia de contrato de prestação de serviço;

·         Carteira de trabalho;

·         Cópia de e-mails;

·         Registros de conversas em aplicativos;

·         Testemunhas;

·         Gravações.

Veja mais no link: Mesmo sem contribuir ldosos podem receber 11 mil por ano

Mais informações:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *